Bombardeios e artilharia deixam 46 mortos e 106 feridos no leste de Aleppo

Beirute, 16 nov (EFE).- Pelo menos 46 pessoas morreram e mais de 106 ficaram feridas nesta quarta-feira pelos bombardeios e tiros de artilharia nos bairros do leste da cidade síria de Aleppo, disse à Agência Efe o porta-voz de Defesa Civil na província, Ibrahim Abu Leiz.

"A maioria das vítimas foi registrada nos bairros de Al Shaar e Al Sukari", informou a fonte, cuja organização realiza trabalhos de resgate em áreas fora do controle das autoridades.

Antes, o Observatório Sírio de Direitos Humanos havia noticiado a morte de 21 pessoas nesta quarta-feira e de outras 11 ontem, após a retomada na terça-feira dos bombardeios e dos disparos de artilharia por parte das forças governamentais contra o leste de Aleppo, sitiado pelo Exército e controlado pela oposição.

Por outro lado, Abu Leiz acrescentou que pelo menos 19 pessoas morreram em Batabu, ao oeste de Aleppo, em um ataque de aviões não identificados, número que foi confirmado pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Há a possibilitade de aumento no número de mortos por esse ataque porque ainda continuam as tarefas de remoção de escombros em Batabu.

Os bombardeios foram retomados na terça-feira na parte leste de Aleppo após uma interrupção de três semanas. A Rússia e o Exército sírio negaram envolvimento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos