Nomeação de Bannon por Trump é totalmente inaceitável, diz Sanders

Washington, 16 nov (EFE).- O senador por Vermont e ex-pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos Bernie Sanders repudiou nesta quarta-feira a nomeação de Stephen Bannon como estrategista-chefe da Casa Branca pelo presidente eleito, Donald Trump, escolha que considerou "totalmente inaceitável".

"Este país, desde sua criação, lutou para superar a discriminação de todas as formas: racismo, sexismo, xenofobia e homofobia. Com os anos, progredimos e nos convertemos em uma sociedade menos discriminatória e mais tolerante, e não vamos andar para trás", disse o senador em comunicado.

Sanders, um dos rostos progressistas mais influentes nos EUA desde que enfrentou Hillary Clinton nas primárias democratas, insistiu que dar "uma posição de autoridade a um indivíduo racista como Bannon é totalmente inaceitável".

"Em uma sociedade democrática, podemos falar tudo o que quisermos sobre diferentes assuntos, mas o racismo e o fanatismo não podem fazer parte de nenhuma política pública. A nomeação do senhor Bannon pelo senhor Trump deve ser rescindida", comentou Sanders.

O senador se junta assim a várias vozes democratas, como os 169 legisladores que nesta quarta-feira enviaram uma carta no mesmo tom ao magnata.

Os congressistas lembraram na carta ao presidente eleito que, na noite em que venceu as eleições, em 8 de novembro, Trump disse que era a hora de os Estados Unidos "curarem as feridas da divisão" e de se "unir como povo".

"Infelizmente, a nomeação de Stephen Bannon, cujos laços com o movimento nacionalista branco estão bem documentados, afeta diretamente sua capacidade de unir o país", advertiram os democratas no texto. O líder da minoria democrata no Senado, Harry Reid, fez o mesmo pedido nesta terça-feira no plenário.

Bannon, que foi o último chefe de campanha de Trump, comandava o portal de notícias "Breitbart", que se tornou nos últimos anos uma das principais plataformas midiáticas da conhecida como "alt-right", a nova direita radical do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos