Obama visita Acrópole em seu último dia de viagem a Atenas

Atenas, 16 nov (EFE).- O segundo e último dia da viagem do presidente americano, Barack Obama, à Grécia começou nesta quarta-feira com uma visita à Acrópole de Atenas, berço da democracia que serviu de inspiração aos fundadores dos EUA, como disse o líder.

Obama percorreu Acrópole em companhia de sua comitiva e de veículos de imprensa americanos que viajaram com ele, mas sem a presença de jornalistas gregos.

Por motivos de segurança Acrópole, parada obrigatória para todo turista que visita Atenas, estará fechada durante todo o dia de hoje.

Posteriormente, Obama visitará o Museu da Acrópole, uma impressionante obra arquitetônica inaugurada em 2009 aos pés do monte no qual repousa o Partenon.

O edifício foi construído visando poder abrigar algum dia a coleção completa dos mármores do friso do Partenon, mas suas salas expõem menos da metade dos restos da colina sagrada, pois as outras partes estão no Museu Britânico de Londres.

A visita do presidente americano ao local mais emblemático de Atenas é ao mesmo tempo um tributo ao berço da democracia, como disse em sua primeira jornada da visita.

Obama se referiu ao fato de como os redatores da Constituição de seu país se inspiraram nos valores da antiga Grécia para estabelecer os fundamentos de sua democracia e como, por sua vez, os líderes da independência grega, que lutaram por ela contra o Império Otomano, se inspiraram nos revolucionários americanos.

O líder americano terminará sua visita a este país com um discurso que pronunciará "ao povo da Grécia" desde o centro cultural da Fundação Stavros Niarchos.

Espera-se que neste discurso, que será interpretado como seu legado político, Obama faça insistência na importância de defender os valores democráticos, ainda mais em tempos de auge de nacionalismo como os atuais, e que fale dos desafios da globalização, dos benefícios que trouxe, mas também das desigualdades que causou e que devem ser corregidas.

Além disso, está previsto que faça alusão às recentes eleições presidenciais em seu país, vencidas pelo republicano Donald Trump; à decisão do Reino Unido de deixar a zona do euro, e à crise de refugiados.

Ao término do ato, o presidente se dirigirá ao aeroporto para continuar sua viagem rumo a Berlim.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos