Polícia prende prefeitos de duas cidades do sudeste da Turquia

Ancara, 16 nov (EFE).- A polícia da Turquia prendeu nesta quarta-feira os prefeitos de duas cidades do sudeste do país, ambos ligados ao esquerdista Partido Democrático dos Povos (HDP), que se destaca por sua defesa pelos direitos da população curda.

Os prefeitos de Tunceli, Mehmet Ali Bul, e de Siirt, Tuncer Bakirhan, foram detidos enquanto a polícia implantava um grande esquema de segurança nestas duas capitais provinciais, informa a emissora "CNNTurk".

A promotoria ordenou as prisões por supostos vínculos com a guerrilha Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerada organização terrorista pela Turquia e União Europeia.

Junto ao prefeito de Tunceli, detido em sua casa, também foi preso a primeira vereadora Nurhayat Altun e oito representantes do Partido Democrático das Regiões (DBP), que também pertence o prefeito, um grupo associado ao HDP.

Também em Siirt houve várias detenções de pessoas relacionadas com o partido e há ordem de prisão contra a primeira vereadora, Belkiza Bestas.

Com a mesma acusação foi detida há três semanas Gultan Kisanak, prefeita de Diyarbakir, a 'capital' das regiões curdas da Turquia, e foi substituída por gestores.

Cerca de 20 prefeitos do sudeste da Turquia já foram detidos e cassados em setembro, fato considerado uma como perseguição política pelo HDP.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos