Atentado suicida em casamento no Iraque deixa 20 mortos

Bagdá, 17 nov (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram e outras 35 ficaram feridas em um atentado cometido por um terrorista suicida em um casamento na região de Ameriyet al Faluja, na cidade de Faluja, a 50 quilômetros a oeste da capital Bagdá e localizada na província de Al-Anbar.

Uma fonte dos serviços de segurança da cidade de Ramadi, capital de Al Anbar, informou à Agência Efe que o terrorista detonou o colete com explosivos que usava durante a cerimônia.

O suicida cometeu o atentado enquanto os convidados estavam jantando durante o casamento e entre os 35 feridos há integrantes da milícia sunita Multidão dos Clãs, assim como agentes policiais.

Além disso, a fonte explicou que entre os mortos há quatro policiais e que o número de vítimas mortais pode aumentar devido ao estado grave de alguns feridos.

A polícia cercou a área da explosão, onde impôs um toque de recolher, para evitar novos ataques.

Na última segunda-feira, pelo menos nove iraquianos morreram, entre eles três policiais, em dois ataques suicidas cometidos em Faluja, os primeiros que aconteceram na cidade após sua libertação do jugo do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), em junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos