Mais um prefeito acusado de ligação com guerrilha curda é preso na Turquia

Istambul, 17 nov (EFE).- A polícia da Turquia fez uma operação nesta quinta-feira na cidade de Van, no sudoeste do país, e prendeu seu prefeito, Bekir Kaya, membro do partido de esquerda Democrático dos Povos (HDP), terceira força no parlamento turco, de acordo com informações da emissora de notícias "NTV".

O prefeito é acusado de ter vínculos com o prescrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda, considerada terrorista pela Turquia, Estados Unidos e a União Europeia (UE).

Ao mesmo tempo, o governo turco designou hoje dois gestores para comandar as províncias de Mardin e Siirt, que tiveram seus prefeitos presos com a mesma acusação.

A intervenção em Van se soma a outros 25 municípios onde o governo destituiu ou prendeu seus governantes, entre eles destaca a detenção de Gultan Kisanak, prefeita de Diyarbakir, a "capital" da região curda da Turquia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos