Mulher se nega a parar carro, atropela policial e o carrega no capô por 400m

Buenos Aires, 17 nov (EFE).- Uma mulher que sofreu um acidente enquanto dirigia seu carro na Argentina, e se negou a obedecer as ordens de um policial que lhe pediu que parasse para entregar sua documentação, acabou atropelando o agente e percorrendo 400 metros com ele em cima do capô do veículo, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

O incidente inusitado ocorreu nesta quarta-feira na altura de Lomas de San Isidro, na província de Buenos Aires, segundo é possível ver em um vídeo divulgado pela internet.

A prefeitura de San Isidro afirmou que, após sofrer um "incidente menor com outro veículo", a mulher, de 61 anos, "se negou a entregar sua documentação e fugiu", atropelando com seu automóvel um inspetor que ficou pendurado do capô e com o qual circulou cerca de 400 metros ao longo de uma movimentada avenida.

"A mulher fugiu a toda velocidade atropelando o agente, que desesperadamente lhe rogava que freasse. Ela o arrastou pela Av. Márquez até Blanco Encalada, onde a vítima se soltou do carro para não ser para-choque de uma possível batida", acrescentou a prefeitura.

Finalmente, a mulher foi detida por uma patrulha policial municipal alguns metros mais adiante e se encontra detida por tentativa de homicídio.

O inspetor atropelado, Lucas Santillán, sofreu uma fratura de joelho e está internado no Hospital Privado Modelo da cidade de Vicente López.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos