EI assume autoria de atentado em cerimônia de casamento no Iraque

Cairo, 18 nov (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado ocorrido na quinta-feira durante um casamento na cidade de Al Faluja, no Iraque, no qual pelo menos 20 pessoas morreram e outras 35 ficaram feridas.

Em comunicado divulgado através da rede social Instagram, o grupo extremista afirmou que um dos "soldados do califado" conseguiu estacionar um carro-bomba na região de Al Ameiyet, em Al Faluja, e o explodiu.

Segundo os jihadistas, no atentado morreram 30 pessoas.

Já uma fonte de segurança da cidade de Ramadi, capital de Al Anbar, informou ontem à Agência Efe que tal atentado tinha sido realizado por um suicida que detonou o colete com explosivos que usava no meio de uma cerimônia de casamento.

O suicida detonou o colete enquanto os convidados estavam jantando, e entre os 35 feridos estão membros da milícia sunita Multidão dos Clãs, assim como soldados da Polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos