Colômbia desmantela rede de tráfico humano com vínculos no Brasil

Bogotá, 20 nov (EFE).- As autoridades da Colômbia, em cooperação com as de Peru e Brasil, desmantelaram uma rede dedicada ao tráfico de menores para prostituição e prenderam 11 pessoas, informaram neste domingo fontes oficiais.

A operação foi realizada em vários lugares de Leticia, capital da província colombiana do Amazonas, que faz fronteira com Peru e Brasil, conforme disse aos jornalistas o diretor nacional de articulação de procuradorias nacionais especializadas da Colômbia, Álvaro Osorio.

Entre os presos está Alexander Torres Rodríguez, conhecido como "El loro", apontado como o líder do grupo que fazia contato com meninas em Leticia para levá-las a Caballococha, no Peru, e Tabatinga, no Brasil.

Também foi detido Javier Andrés Villalba González, que tem nacionalidade colombiana e brasileira.

"A investigação mostrou que estes traficantes se aproveitavam da condição de vulnerabilidade das meninas para apresentarem a elas uma opção formal de trabalho na administração de um negócio de turismo conhecido como La Balsa El Cosmos, em jurisdição peruana. Ao chegarem lá, a realidade era outra, e as meninas eram forçadas a se prostituir", detalhou Osorio.

O diretor nacional de proteção da polícia colombiana, general William Salamanca, comentou que as meninas eram enganadas com ofertas de salários diários de 80 mil pesos colombianos (cerca de US$ 25).

Os capturados seriam responsáveis pelos crimes de associação criminosa, tráfico transnacional, indução à prostituição e proxenetismo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos