Cresce o número de judeus brasileiros que imigram para Israel

Jerusalém, 20 nov (EFE).- O número de judeus brasileiros que imigraram para Israel cresceu notoriamente nos últimos três anos, de 200 para cerca de 700 anuais, segundo estatísticas divulgadas pela Agência Judaica.

O dado foi apresentado neste domingo por veículos de imprensa israelenses que cobriram uma conferência do presidente dessa organização, Natan Sharansky, realizada no Brasil neste fim de semana, onde o dirigente se reuniu com cerca de 300 delegados da CONIB (Confederação Israelita do Brasil), a organização que reúne 14 federações judaicas brasileiras.

A aliyá (imigração de judeus para Israel) cresceu nos últimos anos, segundo Sharansky, que afirmou que, até novembro deste ano, 650 judeus brasileiros se mudaram para Israel, e acrescentou que são esperados outros 50 até o fim deste ano.

Uma representante desse órgão no Brasil explicou ao jornal "Jerusalem Post" que a "crise econômica é um dos catalisadores" e garantiu que "os judeus não deixam o Brasil por razões políticas".

Com cerca de 120 mil integrantes, a maioria deles concentrados em São Paulo e no Rio de Janeiro, o Brasil tem a segunda comunidade judaica mais numerosa da América Latina, atrás apenas da Argentina. EFE

elb/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos