"Timochenko" viaja para a Colômbia para assinatura de novo acordo de paz

Bogotá, 20 nov (EFE).- O máximo chefe das Farc, Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como "Timochenko", informou neste domingo que parte de Cuba para a Colômbia para a assinatura do novo acordo de paz selado entre o governo e a guerrilha em Havana.

O anúncio da viagem de Londoño para a Colômbia foi feito depois que o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, anunciou que na próxima quarta-feira apresentará ao Congresso colombiano o novo acordo de paz para submetê-lo à discussão e definir a forma de ser referendado.

Igualmente o máximo chefe das Farc disse que já há um acordo com o governo para referendar o documento por meio do Congresso.

Ele acrescentou que é preciso referendar esse acordo para começar a estabelecer os fundamentos e "plantar as sementes da reconciliação e da paz na pátria".

Igualmente, Echeverri defendeu que o novo acordo seja referendado o mais em breve possível porque "quanto mais tempo demorar, mais espaço se dá aos setores que não querem a paz, aos setores que querem que a guerra continue".

Até o momento, o governo colombiano não se pronunciou sobre a viagem de "Timochenko" à Colômbia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos