Iraque acredita que chegada de Trump não afeterá relações bilaterais

Berlim, 21 nov (EFE).- O ministro das Relações Exteriores iraquiano, Ibrahim al-Jaafari, destacou nesta segunda-feira que o governo de seu país acredita que a chegada à presidência dos Estados Unidos do republicano Donald Trump não afetará as relações bilaterais e os acordos assinados.

Al-Jaafari fez estas declarações na entrevista coletiva que seguiu a seu encontro em Berlim com o ministro das Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, na qual abordaram a evolução da libertação de Mossul, a estabilização do governo iraquiano e a situação na vizinha Síria.

"Nós não temos um acordo com um governo, mas com um país", garantiu o titular das Relações Exteriores iraquiano ao ser perguntado pelas mudanças que poderia representar para seu país a chegada do magnata imobiliário à Casa Branca.

Al-Jaafari explicou que o atual acordo estratégico entre Iraque e Estados Unidos foi assinado durante o mandato de George W. Bush (2001-2009), e que se manteve sem alterações durante os oito anos de Barack Obama no Salão Oval.

Este acordo se baseia na "democracia" e na "constituição" e não tem a ver com partido ou pessoas concretas, ressaltou o chefe da diplomacia alemã.

"Não tem a ver com o presidente. Obriga a todos", acrescentou. EFE

jpm/ff

(vídeo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos