Paris inaugura iluminação natalina dos Champs-Elysées

Paris, 21 nov (EFE).- O francês Teddy Riner, judoca mais premiado da história, foi o padrinho da iluminação natalina da célebre avenida dos Champs-Elysées, que a partir desta segunda-feira até a noite do dia 8 de janeiro estará iluminada.

Também participaram do evento da iluminação a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, e o prefeito de Medellín (Colômbia), Federico Gutiérrez, que se encontra de visita oficial na capital francesa.

A iluminação que enfeita os quase dois quilômetros de avenida é projetada pela empresa francesa Blanchère Illumination e é "respeitosa com o meio ambiente" graças ao uso de lâmpadas de baixo consumo LED.

O Comitê dos Champs-Elysées se comprometeu em 2007 a reduzir drasticamente o consumo elétrico, passando de 480 mil kWatt para 10,9 mil kWatt totais por hora durante todo o período de iluminação.

Até o dia 8 de janeiro, a famosa avenida de Paris estará iluminada todos os dias entre as 17h e as 2h horas locais (14h e 23h em Brasília), e ao longo de toda a noite nos dias 24 e 31 de dezembro.

Bicampeão olímpico e porta-bandeira da França nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Riner foi o primeiro atleta a apadrinhar o evento, que em edições anteriores tiveram como protagonistas a modelo e atriz Laetitia Casta, o ator Jean Dujardin ("O Artista") e Marion Cotillard ("Piaf - Um Hino ao Amor").

A inauguração das luzes foi atrasada no ano passado por causa dos atentados na casa de shows Bataclan e em Saint-Denis, que tiveram 130 vítimas no dia 13 de novembro de 2015.

De acordo com a prefeita da capital francesa, Teddy Riner é um dos grandes estandartes da candidatura olímpica de Paris para os Jogos de 2024.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos