EUA alertam para risco "elevado" de ataques terroristas na Europa

Em Washington

  • Christophe Petit Tesson/EPA/EFE

    Bataclan, em Paris, onde 90 pessoas foram mortas em ataque terrorista em 2015

    Bataclan, em Paris, onde 90 pessoas foram mortas em ataque terrorista em 2015

O governo dos Estados Unidos emitiu nesta segunda-feira (21) um alerta de viagem em que adverte seus cidadãos que há um risco "elevado" de ataques terroristas em toda a Europa, "particularmente durante a temporada das festas natalinas".

"Uma informação crível indica que o Estado Islâmico (EI), Al Qaeda e suas filiais seguem planejando ataques terroristas na Europa, focando na temporada de festas (natalinas) e eventos associados", afirma um alerta emitido pelo Departamento de Estado.

"Os cidadãos americanos devem ter cautela nas festas natalinas, eventos ao ar livre", e estar "alerta pela possibilidade de ataques sem aviso prévio", diz a nota.

"Os terroristas podem usar uma ampla variedade de táticas e usar tanto armas convencionais como não convencionais, além de atacar alvos oficiais e particulares", acrescentou.

O alerta de viagem, que estará em vigor até o dia 20 de fevereiro de 2017, é a última de uma série de advertências que os EUA enviaram a seus cidadãos sobre o risco de viajar para a Europa, especialmente depois dos ataques terroristas em Paris, em novembro do ano passado, e em Bruxelas, no mês de março.

"Embora os extremistas realizaram ataques na Bélgica, França, Alemanha e Turquia no último ano, o Departamento de Estado segue preocupado sobre o potencial de ataques em toda a Europa", diz o alerta de viagem.

O Departamento de Estado pede aos americanos para que sigam os conselhos de segurança das autoridades locais, ficar em contato com sua família e preparados para controles de segurança adicionais.

"As autoridades europeias continuam fazendo operações e desmantelando planos terroristas", diz o Departamento de Estado.

Os EUA, por sua parte, seguirá "compartilhando informações" com seus parceiros europeus para ajudar a "identificar e tomar medidas contra potenciais" agressores, e "fortalecer as defesas contra possíveis ameaças".
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos