Exército da Síria cria milícia de voluntários para lutar contra terrorismo

Beirute, 22 nov (EFE).- O Comando Supremo das Forças Armadas da Síria anunciou nesta terça-feira a criação da chamada "Legião V de Assalto", integrada por voluntários que lutarão junto aos soldados contra os "terroristas" em todo o território do país.

Em comunicado publicado pela agência "Sana", o Exército explicou que a missão do novo grupo, assim como outras forças governamentais e seus aliados, será acabar com o terrorismo, devolvendo a estabilidade e a segurança em todo o país.

"A medida é resposta aos avanços rápidos em todo território sírio, a consolidação dos triunfos das forças armadas e o desejo do povo de pôr fim aos atos terroristas na Síria", afirmou.

O comunicado convoca os cidadãos que queiram se alistas no grupo a comparecer os centros de recepção de pedidos nas distintas províncias. Serão aceitos homens de mais de 18 anos de idade, em boas condições de saúde e que não estão cumprindo serviço militar ou sejam desertores.

Mesmo assim, o Comando Supremo disse que serão admitidos voluntários que já tenham terminado o período de alistamento e funcionários do governo que tenham contratos temporários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos