França e Brasil reforçam cooperação em infraestruturas e indústria

Paris, 22 nov (EFE).- Os governos francês e brasileiro reforçaram a cooperação nos temas de infraestruturas e assinaram um acordo de cooperação entre seus institutos de propriedade industrial no 4º Fórum Econômico França-Brasil realizado ontem em Paris.

Em comunicado, o Departamento de Finanças da França informou que seu ministro da Economia, Michel Sapin, e o ministro de Indústria, Comércio e Serviços brasileiro, Marcos Pereira, debateram as relações econômicas, comerciais e financeiras entre os dois países. Conforme o texto, essas relações são "particularmente densas", já que o Brasil é "de longe", o primeiro mercado para a França na América Latina e o primeiro destino dos investimentos franceses na região.

Sapin e Pereira também comemoram a adesão "iminente" do Brasil ao Clube de Paris, que reúne os principais países credores. Para a França, a entrada do Brasil mostra "a proximidade da visão dos dois países em matéria de governança financeira internacional".

O encontro serviu para reunir empresas vinculadas à Confederação Nacional da Indústria (CNI) na sede do Medef - o maior sindicato patronal da França -, com mais de 60 companhias francesas. A ideia era discutir o marco dos negócios, as novas oportunidades de exportações e de investimentos em diversos setores como o agroalimentar, a saúde, as infraestruturas e a energia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos