Parlamento da Lituânia empossa Saulius Skvernelis como primeiro-ministro

Berlim, 22 nov (EFE).- O Seimas, o parlamento lituano, deu posse nesta terça-feira como primeiro-ministro a Saulius Skvernelis, candidato do partido opositor de centro-direita União de Verdes e Agricultores, ganhador das eleições parlamentares de outubro.

A proposta da presidente lituana, Dalia Grybauskaitè, que precisava da aprovação do Seimas, contou com os votos de 90 deputados a favor, enquanto outros quatro se pronunciaram contra e 33 se abstiveram, de acordo com a agência "Baltic News Service" (BNS).

Dalia tinha incumbido Skvernelis no último dia 15 de formar um novo governo após o surpreendente triunfo da União de Verdes e Agricultores, que obteve 56 das 141 cadeiras do Seimas no primeiro e segundo turnos do pleito, que aconteceram nos dias 9 e 23 de outubro.

Uma semana antes, o presidente do partido de centro-direita, Ramunas Karbauskis, e o dos social-democratas, o então primeiro-ministro em fim de mandato Algirdas Butkevicius, assinaram um acordo para formar governo, a partir do qual o primeiro ocupará os cargos de chefe do Executivo, presidente do parlamento e 11 ministérios. Enquanto, os social-democratas ficarão com três pastas: Exteriores, Justiça e Economia.

O Partido Social-Democrata, que até agora liderava o governo, ficou em terceiro lugar no pleito, com 17 deputados, após os conservadores de Pátria/Aliança Democratas-cristãos, com 31 parlamentares.

Skvernelis, de 46 anos, já foi alto funcionário da Polícia e entre novembro de 2014 e abril deste ano foi ministro do Interior. EFE

egw/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos