UE e Cazaquistão debatem sobre direitos humanos e justiça no país asiático

Bruxelas, 22 nov (EFE).- A União Europeia (UE) e o Cazaquistão mantêm entre esta terça-feira e amanhã várias reuniões bilaterais nas quais abordarão a situação dos direitos humanos e as reformas judiciais no país de Ásia Central.

Na primeira jornada de trabalho em Bruxelas, as delegações tratarão a cooperação em matéria de justiça, com especial atenção ao contrabando e ao tráfico de drogas, indicaram à Agência Efe fontes comunitárias.

As equipes diplomáticas também dialogarão sobre os progressos das reformas judiciais aprovadas em Astana, as medidas contra a corrupção e a migração.

Na quarta-feira, as reuniões se centrarão no respeito aos direitos humanos, sobretudo, na proteção dos direitos de mulheres e crianças, nas condições de detenção e casos individuais nos quais o estado asiático poderia ter violado algumas liberdades fundamentais.

Um funcionário de alto nível do Serviço Europeu de Ação Exterior lidera a delegação comunitária, enquanto o embaixador cazaque na Bélgica, Almaz Khamzayev, liderará a representação do país da Ásia Central.

Estes encontros ocorrem no marco do acordo de associação e cooperação reforçada do Cazaquistão e os vinte E oito, aplicado de maneira provisória desde maio em áreas como o diálogo político, o comércio, a cooperação econômica, o Estado de Direito e a justiça.

Em outubro, o próprio ministro das Relações Exteriores cazaque, Erlan Idrissov, se reuniu em Bruxelas com seu colega eslovaco, Miroslav Lajcak, em representação dos vinte E oito e colocaram um prazo até o próximo ano para consolidar um "roteiro" para os intercâmbios bilaterais, com o acento na cooperação econômica e na luta antiterrorista.

Ambas as partes concordaram então no interesse mútuo de "consolidar as relações e a cooperação, em particular, garantindo a estabilidade regional e o desenvolvimento".

Também trataram sobre a liberalização de vistos para facilitar a mobilidade entre ambos territórios, com especial interesse de Astana em melhorar a fluência do trânsito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos