Morrem 2 líderes importantes do EI em bombardeios no norte do Iraque

Erbil (Iraque), 23 nov (EFE).- Bombardeios realizados nesta quarta-feira contra Mossul, principal bastião dos jihadistas no Iraque, e em outra localidade a oeste da cidade, resultaram na morte de dois líderes de destaque do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

O Comando de Operações Conjuntas para a Libertação da Província de Ninawa, da qual Mossul é capital, anunciou a morte do dirigente Ziad Jarufa em ataques da aviação iraquiana sobre um bairro do leste de Mossul.

Segundo um comunicado, a vítima é "o ministro da Informação do Daesh (acrônimo árabe para Estado Islâmico) em Mossul".

O porta-voz do Comando, Mohamad al Baiadi, afirmou que Jarufa era responsável pela produção de filmes e sites propagandísticos do EI e que seu corpo foi enterrado no bairro Al Arabi, no leste da cidade, "sob estritas medidas de segurança por parte do grupo".

Além disso, o responsável de planejamento militar do EI, apelidado de Abu Ihab, morreu hoje em outros bombardeios da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos na cidade de Abu Maria, na comarca de Tal Afar, cerca de 60 quilômetros a oeste de Mossul.

Um oficial das Forças de Intervenção Rápida, Zahed Salman, detalhou hoje em entrevista à imprensa que outros cinco jihadistas que acompanhavam Abu Ihab também morreram neste ataque aéreo.

Em 17 de outubro, as forças governamentais iraquianas e as curdas, apoiadas pela coalizão antijihadista, lançaram uma grande ofensiva para expulsar o EI da província de Ninawa e de seu capital, Mossul, que foi conquistada pelos terroristas em 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos