Detidos 400 imigrantes e 24 policiais feridos em centro de amparada búlgaro

Sófia, 25 nov (EFE).- Mais de 400 imigrantes foram detidos e pelo menos 24 policiais ficaram feridos nos distúrbios registrados ontem à noite em um centro de acolhida de refugiados situado no sul da Bulgária, informou hoje o Ministério do Interior.

Fontes do Ministério informaram à Agência Efe que esta manhã a situação no centro de Harmanli, a cerca de 50 quilômetros da fronteira com a Turquia, estava "tranquila e normalizada".

Os distúrbios de ontem à noite tiveram sua origem em um toque de recolher declarado pelas autoridades búlgaras para evitar a propagação de supostas doenças.

Em protesto contra a proibição de sair do recinto, centenas de imigrantes, em sua maioria afegãos e paquistaneses, queimaram pneus, jogaram pedras e outros objetos contra os agentes da Polícia búlgara.

Os policiais responderam com material antidistúrbios, balas de borracha e um canhão de água.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos