Mais de 30 corpos e 9 cabeças são achados em fossas clandestinas no México

Chilpancingo (México), 24 nov (EFE).- A Procuradoria Geral do estado de Guerrero, no México, informou na quinta-feira que finalizaram as escavações em 20 fossas clandestinas, onde recuperaram 32 corpos e nove cabeças em Cerro Tenanchitla, município de Zitlala.

Roberto Álvarez Heredia, porta-voz de Segurança do Grupo de Coordenação de Guerrero, integrado por forças federais e estaduais, informou que peritos da procuradoria e agentes do Serviço Médico Legista recuperaram os restos mortais, que foram transferidos para Chilpancingo, capital do estado, para iniciar as diligências necessárias e conseguir sua identificação.

Ele disse que, embora as escavações tenham chegado ao fim, membros da Secretaria da Defesa Nacional continuarão percorrendo a área na busca de pistas que levem a determinar se existem outras fossas clandestinas na região.

A procuradoria disse em um comunicado que apenas em 17 das 20 fossas localizadas foram encontrados restos mortais e até o momento, nenhum corpo foi identificado e não há presos como suspeitos do crime de homicídio.

Uma denúncia anônima levou as autoridades até o local, onde encontraram uma pessoa que tinha sido sequestrada e além disso, acharam vários veículos abandonados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos