Trabalhadores desaparecidos em explosão na China estão mortos

Pequim, 25 nov (EFE).- As doze pessoas que estavam desaparecidas após a explosão em uma fábrica na província de Anhui, na China, no último dia 8, estão mortas, informaram nesta sexta-feira as autoridades locais.

A explosão ocorreu em uma fábrica da companhia Dongfeng Mecânica e Elétrica, no condado de Shucheng, segundo a agência de notícias oficial chinesa "Xinhua".

No momento da explosão, 15 pessoas estavam na fábrica. Três delas foram resgatadas e ainda estão hospitalizadas, enquanto os corpos das outras vítimas foram retirados dos escombros há alguns dias.

Porém, as autoridades locais chinesas não tinham confirmado essa informação até hoje, como também não deram explicações sobre os motivos da demora no resgate.

Enquanto isso, as autoridades continuam a investigação sobre a explosão, afirma "Xinhua".

Acidentes são frequentes no setor industrial chinês, que, apesar das novas iniciativas, permanecem com a regulamentação frouxa e, em algumas ocasiões, as autoridades permitem às empresas infringi-las em troca de subornos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos