Incêndio em residência estudantil feminina na Turquia deixa 12 mortos

Istambul, 29 nov (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram, em um incêndio ocorrido nesta terça-feira em uma residência estudantil feminina na província de Adana, no sul da Turquia.

O governador de Adana, Mahmut Demirtas, informou em comunicado que as equipes de resgate resgataram 12 corpos e que outras 22 pessoas foram levadas para o hospital, segundo a agência de notícias "Anadolu".

Demirtas afirmou que algumas das estudantes levadas aos hospitais de Adana tinham se intoxicado com a fumaça do incêndio. Outras ficaram feridas ao tentar fugir das chamas.

O prefeito de Adana, Huseyin Sözlü, disse à imprensa local que 11 das pessoas que morreram eram alunas. A 12º vítima é uma empregada doméstica que trabalhava na residência estudantil.

O prédio de três andares foi evacuado pelos bombeiros, e os investigadores estão tentando descobrir os motivos do incêndio.

Os ministros de Interior, Süleyman Soylu, e Educação, Ismet Yilmaz, além do vice-primeiro-ministro, Veysi Kaynak, estão a caminho do lugar do incidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos