Lula pede que todos "abracem" Chapecoense em sua "extrema dor"

Brasília, 29 nov (EFE).- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou nesta manhã uma nota pedindo para que "todas as torcidas do Brasil abracem" a Chapecoense, depois da tragédia sofrida pelo time catarinense na Colômbia.

"Envio minha solidariedade às famílias dos atletas e comissão técnica da Chapecoense, dos jornalistas, tripulantes e passageiros", escreveu Lula, sobre o acidente ocorrido com o avião que levava a delegação da Chapecoense para disputar a primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional em Medellín.

Pelo menos 75 das 81 pessoas a bordo morreram. O avião pertencia à companhia aérea boliviana Lamia Corporation e tinha sido fretado pelo clube.

"Espero que todas as torcidas do Brasil abracem o time catarinense e se unam neste momento de extrema dor para todos nós, brasileiros", conclui a nota, intitulada "Hoje todos temos um novo time de coração" e publicada no site e no Twitter do ex-presidente. EFE

ed/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos