Serra e Freire representarão o Brasil em homenagem às vítimas em Medellín

Rio de Janeiro, 30 nov (EFE).- Os ministros José Serra, das Relações Exteriores, e Roberto Freire, da Cultura, serão os representantes do governo brasileiro na homenagem que será feita nesta quarta-feira na cidade de Medellín, na Colômbia, às vítimas do acidente do avião fretado pela Chapecoense que deixou 71 mortos e seis feridos, informaram hoje fontes oficiais em comunicado.

Os dois ministros farão uma escala em Medellín em sua viagem de volta de Havana, onde representaram o Brasil nas homenagens fúnebres ao líder cubano Fidel Castro.

A homenagem, convocada pelo prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, acontecerá no estádio Atanasio Girardot, que seria o palco do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira entre a Chapecoense e o Atlético Nacional de Medellín.

O ato será realizado na mesma hora em que a equipe do oeste catarinense disputaria sua primeira final de um torneio internacional em seus 43 anos de história.

O tragédia ocorreu a poucos quilômetros de Medellín e causou comoção tanto no mundo do futebol, já que 48 dos ocupantes da aeronave eram jogadores, dirigentes e convidados da Chapecoense, como na imprensa, pois 21 dos passageiros eram jornalistas, entre eles conhecidos comentaristas de rádio e de emissoras de televisão como "Fox" e "Globo".

O acidente, uma das maiores tragédias aéreas esportivas da história, comoveu o mundo do futebol em todo o planeta e provocou manifestações de solidariedade de governos e organizações internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos