Governo turco apresentará reforma para estabelecer sistema presidencial

Istambul, 1 dez (EFE).- O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, anunciou nesta quinta-feira que o governo islamita apresentará uma reforma constitucional "na semana que vem na Assembleia Parlamentar" para estabelecer um sistema presidencial.

Yildirim declarou que apresentará sua proposta junto ao ultranacionalista e quarta força no parlamento Partido da Ação Nacionalista (MHP), informou em entrevista coletiva junto ao líder de dito partido, Devlet Bahçeli, informou a agência turca "Anadolu".

"O próximo passo está a vontade de nosso parlamento. A assembleia deve aprová-la com mais de 330 votos para que comece o processo de referendo", explicou o primeiro-ministro, em referência ao mínimo de cadeiras exigido para poder convocar um referendo que reforme a Constituição e transforme a Turquia em um sistema presidencialista.

O islamita Partido da Justiça e o Desenvolvimento (AKP) só tem 317 cadeiras e com o apoio dos 40 deputados do MHP poderão convocar a votação e mudar o sistema para que o chefe de Estado ostente o poder executivo, ao invés de se manter em um papel mais bem simbólico, como o prevê a Carta Magna atual.

Para uma reforma constitucional sem referendo, fazem falta dois terços do plenário, ou seja 367 votos, número fora do alcance do AKP já que os outros dois partidos representados na Assembleia, o Partido Republicano do Povo (CHP, social-democrata) e o pró-curdo Partido Democrático do Povo (HDP), se opõem de forma taxativa.

"A relação entre o partido e o presidente continuará. É a mudança mais importante" declarou Yildirim, em relação ao valor simbólico que deve ter o presidente com a Constituição atual.

"O seguinte trabalho fica na vontade da nação" acrescentou, convencido de que seu partido poderá convocar um referendo constitucional em breve.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos