Japonês possivelmente sequestrado pela Coreia do Norte é encontrado

Tóquio, 1 dez (EFE).- Um homem que estava desaparecido desde 1985, e cujo caso era investigado pelas autoridades como um dos possíveis sequestros de cidadãos japoneses por parte da Coreia do Norte, foi encontrado pela Polícia japonesa, segundo anunciaram nesta quinta-feira fontes dessa entidade.

Masanori Katsuki, de 68 anos, tinha sido visto pela última vez em Tóquio há mais de três décadas, quando acabava de retornar a seu país após trabalhar uma temporada nos Estados Unidos como chef de cozinha.

As autoridades japonesas perderam o rastro de Katsuki e decidiram incluí-lo no lista de mais de 800 pessoas desaparecidas sem razão aparente e consideradas como possíveis casos de sequestros pelo regime norte-coreano.

O homem foi identificado na semana passada pela Polícia japonesa, segundo explicou um porta-voz à agência local "Kyodo", que não quis dar mais detalhes sobre o caso por questões de privacidade.

O Japão sustenta que entre 1977 e 1983 pelo menos 17 japoneses foram sequestrados pela Coreia do Norte para dar aulas de cultura e idioma em seus programas de treinamento de espiões.

Em 2002, Pyongyang reconheceu vários dos sequestros e devolveu cinco pessoas ao Japão, embora tenha afirmado que os 12 restantes ou morreram ou nunca pisaram em solo norte-coreano, uma versão da qual o até agora governo de Tóquio desconfiou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos