Unesco declara charrería mexicana Patrimônio Imaterial da Humanidade

Adis-Abeba, 1 dez (EFE).- A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) declarou nesta quinta-feira Patrimônio Imaterial da Humanidade a charrería mexicana, prática semelhante ao rodeio do Brasil, tradicional em comunidades dedicadas à criação e pastoreio de gado e cavalos.

A decisão foi tomada pelo Comitê intergovernamental durante sua reunião anual em Adis Abeba, na Etiópia, ao considerar que a charrería é um "elemento importante da identidade e patrimônio cultural" do México.

"A charrería representa para estas comunidades um meio para transmitir valores sociais importantes às novas gerações", acrescentou a Unesco.

Além de uma prática tradicional de pastoreio, a charrería mexicana é considerada um esporte nacional e uma das riquezas históricas e culturais do país.

Após a aprovação da inscrição desta tradição pelo Comitê da Unesco, o embaixador do México na Etiópia, Víctor Manuel Treviño, agradeceu pelo reconhecimento internacional e afirmou que o governo mexicano implementará um plano para preservar esta atividade.

"Hoje compartilhamos com muito orgulho com a humanidade uma de nossas tradições mais queridas, esperamos que assim seja recebida por todos vocês", ressaltou o diretor do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), Francisco López.

O presidente da Associação Nacional de Charro, Gabriel Cabello, destacou que o reconhecimento da Unesco não trará "benefícios só à charrería, mas ao México", e garantiu a proteção de "todos os seres vivos que participam desta tradição".

Em suas origens, a charrería aproximava a convivência entre os criadores de gado de diferentes regiões do país e, atualmente, associações e escolas seguem transmitindo esta arte tradicional.

O Comitê intergovernamental, formado por representantes de 24 Estados participantes da convenção da Unesco, se reúne uma vez por ano para estudar as candidaturas de inscrição em suas listas.

A 11ª reunião do Comitê, realizada na Etiópia, é a quarta sediada no continente africano, após as de Argélia (2006), Quênia (2010) e Namíbia (2015).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos