Duterte diz que Trump desejou sucesso em sua polêmica campanha anti-drogas

Manila, 3 dez (EFE).- O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, desejou ao chefe de Estado das Filipinas, Rodrigo Duterte, que tenha sucesso em sua sangrenta campanha contra as drogas, segundo um comunicado facilitado pela presidência filipina aos veículos de imprensa locais.

Trump teria expressado esse desejo durante uma ligação telefônica feita por Duterte para felicitá-lo por sua vitória nas recentes eleições presidenciais norte-americanas.

"O (Trump) é muito sensível com nossa preocupação contra as drogas...me desejou sucesso em minha campanha contra o problema das drogas", é uma das frases de Duterte recolhidas na informação oficial proporcionada pela presidência filipina.

"Nos entende e diz que não há nada de errado em defender nosso país. Foi muito encorajador, suponho, que o que quis dizer é que o último que quer fazer é interferir em nosso assuntos internos", considerou Duterte no comunicado oficial.

A suposta felicitação de Trump ocorre depois que organizações internacionais como a ONU criticaram com dureza a violenta campanha contra o narcotráfico empreendida por Duterte após vencer as eleições filipinas de maio.

Até 30 de junho, 4.726 pessoas tinham morrido nessa campanha, boa parte delas em execuções extrajudiciais, e Duterte calculou em outubro que teria que ter outras 20 mil ou 30 mil mortes a mais "para acabar com o problema das drogas".

Entre as personalidades que criticaram os métodos da campanha contra o narcotráfico de Duterte figurou o presidente em fim de mandato americano, Barack Obama, a quem em resposta o chefe de Estado filipino qualificou de "filho da puta".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos