Explosão em mina na Mongólia Interior deixa 17 mortos

Pequim, 3 dez (EFE).- Pelo menos 17 pessoas morreram após uma explosão em uma mina de carvão da região chinesa da Mongólia Interior, e outros muitos trabalhadores seguem presos, informa a agência oficial "Xinhua".

O acidente aconteceu neste sábado por volta das 12h local (2h, em Brasília) na cidade de Chifeng, região autônoma da Mongólia Interior (norte da China), e por enquanto se desconhece a causa da explosão.

As equipes de resgate foram deslocados ao local do fato e tratam de tirar com vida as pessoas que ainda estão presas.

Esta foi uma semana negra para as minas chinesas, já que na terça-feira outros 21 mineiros morreram em um acidente na província nortista de Heliongjiang.

Nesse caso, uma explosão deixou 22 mineiros presos sob terra e as autoridades confirmaram hoje que 21 deles tinham morrido, enquanto continuam as tarefas para resgatar o último mineiro apanhado.

Os acidentes em minas de carvão são frequentes na China, com 171 falecidos em 45 minas durante o ano passado, segundo números oficiais.

As autoridades impulsionaram várias iniciativas para melhorar a segurança, e o número de acidentes caiu consideravelmente nos últimos anos, mas muitas explorações seguem operando de forma ilegal em zonas rurais e sem as medidas de segurança mais básicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos