Tribunal do Irã aprova morte para multimilionário Babak Zanjani

Teerã, 3 dez (EFE).- O tribunal de apelação da República Islâmica do Irã, confirmou a sentença de morte ao multimilionário Babak Zanjani, um dos homens mais ricos do país, condenado por vários crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude, anunciaram neste sábado as autoridades judiciais.

O adjunto de supervisão e inspeção do Supremo Tribunal do Irã, Gholam Reza Ansari, informou hoje sobre dita decisão, mas rejeitou e ordenou a revisão de uma sentença similar contra os dois cúmplices de Zanjani, Hamid Falah Heravi e Mehdi Shams Zadeh, informou a agência oficial iraniana de notícias "Irna".

Zanjani foi considerado culpado por crimes puníveis com a morte, que é aplicada "aos que contribuem para expandir a corrupção no mundo e desviar a sociedade de sua natureza", segundo informou em 6 de março o porta-voz do Poder Judiciário iraniano, Gholam-Hussein Mohseni-Ejei.

Zanjani era o líder de um império empresarial com sede em Dubai avaliado antes de sua detenção em US$ 14 bilhões, que abrangeria setores como cosmética, serviços financeiros e bancários, turismo, infraestruturas, material de construção, tecnologia da informação, supermercados, extração petrolífera e juros imobiliários.

O empresário, além disso, possuía seu próprio banco, várias companhias aéreas, um time de futebol (Rah Ahan) e uma frota de táxis no Tadjiquistão, país onde tinha grande parte de seus negócios.

Zanjani era um dos empresários mais próximos ao governo do ex-presidente Mahmoud Ahmadinejad (2005-2013), sob cujo mandato seu encarregou de tramitar várias operações de venda de petróleo iraniano ao exterior burlando as sanções internacionais que pesavam contra o Irã.

O Irã é um dos países do mundo com maior número de execuções judiciais, quase todas vinculadas ao tráfico de drogas, segundo denunciam as organizações defensoras dos direitos humanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos