Exército iraquiano liberta duas populações ao norte de Mossul

Erbil (Iraque), 4 dez (EFE).- O Exército iraquiano libertou neste domingo as populações de Al Darwish e Abu Garbua, situadas ao norte de Mossul, o principal reduto do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no Iraque, segundo o general Ali al Fariyi.

Al Fariyi, responsável do eixo setentrional da operação militar para a libertação de Mossul, afirmou à Agência Efe que soldados da Brigada 16 do Exército invadiram ontem ambas populações, que foram libertadas na madrugada de hoje, domingo.

Nos combates morreram 17 jihadistas, segundo o oficial, que não deu detalhes sobre eventuais baixas nas fileiras do Exército, que viu quase triplicado o número de mortos desde o começo da ofensiva contra Mossul, que começou em 17 de outubro.

Ambas populações se situam entre o bairro de Mossul Al Tahrir e a comarca de Baashiqa.

Al Fariyi explicou que as localidades estavam cheia de túneis, usados pelos jihadistas para tentar enganar as forças iraquianas e a aviação das forças internacionais.

Al Darwish está vazia, segundo explicou o responsável militar, porque sua população, de maioria xiita, fugiu há dois anos antes da chegada do EI; enquanto em Abu Garbua, parte da população, de credo muçulmano sunita, ainda há habitantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos