Líder da extrema-direita diz que será candidato em próxima eleição na Áustria

Viena, 4 dez (EFE).- O ultranacionalista Nobert Hofer, derrotado neste domingo por Alexander Van der Bellen nas eleições presidenciais da Áustria, prometeu neste domingo aos eleitores que será candidato no próximo pleito, que será realizado apenas em 2022.

"Vou me candidatar de novo em 2022, já que muitos me apoiaram desta vez e porque me sinto comprometido com os eleitores. Minha vida me mostrou que nunca devo me render. Estou pronto para as próximas eleições", disse em entrevista à emissora "ORF" o candidato do Partido Liberal da Áustria (FPÖ).

Sobre as consequências da votação de hoje para a política do país, Hofer afirmou que o governo, formado por social-democratas e democratas-cristãos, "não vai aguentar muito mais"

"Meu objetivo é fornecer um bom resultado para a FPÖ nas próximas eleições", disse Hofer, pleito no qual pretende ser o segundo da lista do partido, atrás do líder Heinz-Christian Strache.

Van der Bellen venceu hoje com 53% dos votos a repetição das eleições presidenciais da Áustria, contra 46% de Hofer.

O primeiro pleito, realizado no dia 22 de maio e vencida por Van der Bellen por uma pequena margem de votos, foi invalidada pela Justiça após a constatação de irregularidades formais na apuração dos votos enviados por correio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos