Trump mostrou "inexperiência" com telefonema para Tsai, diz imprensa chinesa

Pequim, 4 dez (EFE).- A ligação entre o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, não fez mais que mostrar a "inexperiência" do empresário e de sua equipe de transição em Relações Exteriores, diz um dos veículos de imprensa oficiais de referência da China.

O jornal "China Daily", publicado em inglês, critica em editorial o contato entre Trump e Tsai, o primeiro de alto nível entre EUA e Taiwan em quase 40 anos, e aconselha o empresário a "ser prudente" quando chegar à Casa Branca.

O meio oficial argumenta que Trump deverá trabalhar para garantir os interesses de seu país e entre eles, adverte, se encontra manter "uma relação saudável com a China".

"Para fazer isso, não pode se permitir prejudicar o princípio de uma 'só China'", com o qual os EUA se comprometeram desde 1979 como base das relações bilaterais", continuou o jornal.

O "Global Times", de tintura nacionalista, se soma também às críticas pelo contato entre Trump e Tsai, elevando o tom sobre Taiwan ao pedir ao governo chinês a repreender a presidente taiuanesa.

"O continente chinês tem a capacidade de castigar a Administração de Tsai por qualquer ação que cruze uma linha vermelha, e deveria utilizar esse poder sem titubear", definiu a situação o periódico. EFE

tg/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos