Pelo menos 38 talibãs morrem em ofensiva de forças afegãs no sul do país

Cabul, 6 dez (EFE).- Pelo menos 38 talibãs morreram nas últimas 24 horas em uma ofensiva das forças do Afeganistão na conflituosa província de Helmand, no sul do país, um dos pontos onde os insurgentes conseguiram maior controle do território.

Entre os mortos na operação, executada pelo exército afegão e a polícia, há quatro comandantes talibãs e um engenheiro dedicado à fabricação de minas antipessoais, informou nesta terça-feira em comunicado o escritório do governo provincial.

"Nas últimas semanas, os talibãs perderam vários comandantes influentes e enfrentam dificuldades para receber munição e alimentos", explicou à Agência Efe o porta-voz do Corpo 215 Maiwand do exército afegão, Muhammad Rasoul Zazai, que afirmou que a ofensiva aconteceu nos distritos provinciais "inseguros ou sob ameaça".

O porta-voz militar relatou que os grupos insurgentes na primeira linha sofrem "problemas crescentes pela falta de comando" e anunciou que as forças de segurança afegãs tentam retomar o controle dos distritos em poder dos talibãs e desmantelar sua cúpula.

Na atualidade, os grupos insurgentes controlam cinco dos 14 distritos da província de Helmand e disputam outros dois distritos.

A capital da província, Laskargah, foi parcialmente tomada em outubro e os talibãs ainda mantêm o controle de áreas de sua periferia.

A situação de violência no Afeganistão piorou durante este ano, na medida em que os talibãs avançaram em diferentes regiões do país, e os insurgentes já controlam pelo menos um terço do território afegão, de acordo com fontes americanas.

A deterioração na situação de segurança está deixando números recordes de vítimas civis e deslocados, e coincide com o fim da missão militar da Otan em 1º de janeiro de 2015.

A aliança militar do Atlântico Norte continua no país realizando trabalhos de assistência e capacitação das forças afegãs com uma dotação de aproximadamente 13 mil efetivos.

Os Estados Unidos têm cerca de 7 mil de seus 9.800 militares alocados no Afeganistão inseridos nessa missão da Otan, enquanto os outros atuam com mandato do governo americano em missões antiterrorista em coordenação com as tropas afegãs.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos