Embarcação com 60 pessoas a bordo naufraga no Iêmen

Sana, 7 dez (EFE).- Um barco com 60 pessoas a bordo naufragou na noite de terça-feira no arquipélago de Socotra, no Iêmen, no Oceano Índico, e 58 delas estão desaparecidas, informou nesta quarta-feira a agência iemenita "Saba".

Segundo a fonte, dois navios de nacionalidades austríaca e australiana viram os sinais de socorro da embarcação e resgataram pelo menos dois passageiros.

O navio, que transportava mulheres e crianças, tinha deixado o porto de Mukala, capital da província de Hadramaute, com destino a ilha de Qalnasiya, localizada em Socotra, a cerca de 480 quilômetros do litoral meridional iemenita.

A agência não deu detalhes sobre as causas do naufrágio.

A embarcação naufragou a cerca de 29 milhas de Qalnasiya e as autoridades locais do arquipélago enviaram um pedido de socorro à coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita, e a outras embarcações próximas para participar do resgate dos passageiros.

De acordo com relatos da mídia local, o barco que naufragou rebocava alguns pesqueiros pequenos, que uma quantidade indeterminada de passageiros usou para se salvar, embora esse número seja desconhecido.

No final de dezembro de 2014, pelo menos 24 imigrantes etíopes morreram após o naufrágio da balsa onde viajavam pela costa do Iêmen, no Mar Vermelho.

Além disso, no dia 6 de dezembro do mesmo ano, cerca de outros 70 cidadãos etíopes morreram após o barco onde estavam afundar no litoral iemenita de Al Maja, por causa do vento forte e ondas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos