Terremoto na Indonésia deixa 18 mortos e desaba vários edifícios

(Atualiza número de mortos e acrescenta dados).

Bangcoc, 7 dez (EFE).- Pelo menos 18 pessoas morreram e vários edifícios desabaram na região de Aceh, na Indonésia, por causa de um terremoto de magnitude 6,5 graus na escala aberta de Richter, que atingiu nesta quarta-feira esta região do norte da ilha de Sumatra, segundo informações da imprensa local.

O terremoto aconteceu na madrugada, a 19 quilômetros de Sigli, situada cerca de 100 quilômetros ao leste de Banda Aceh, e cerca de 8,2 quilômetros de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica no mundo todo.

Inicialmente, a agência tinha medido o terremoto em 6,4 graus de magnitude na escala aberta de Richter com o hipocentro localizado a 17 quilômetros de profundidade.

A área mais afetada é o distrito de Pidie Jaya, onde o vice-regente, Said Mulyadi, disse que o número de mortos pode subir, já que existem várias pessoas presas entre as ruínas.

"Até agora temos 18 mortos e muitas pessoas feridas gravemente que foram transferidas para o hospital", disse Said Mulyadi à emissora "iNews TV".

Já o portal "Acehnews" afirmou que o número de mortos chegou a 20.

O tremor, que durou cerca de três minutos, provocou o desabamento de vários edifícios, incluído um internado em Tamalanla, onde vários alunos teriam ficado presos sob as ruínas, afirmou um fotógrafo da Epa, empresa parceira da Agência Efe.

O porta-voz da Agência Nacional de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, publicou em sua conta no Twitter, imagens de vários feridos resgatados pelas equipes de socorro e de uma mesquita que desabou em Ulee Glee, em Pidie Jaya.

Outros meios de comunicação afirmaram que nesta mesma aldeia também desabou um posto de gasolina e cerca de 20 prédios comerciais, onde várias pessoas ficaram presas.

A região do tremor é a mesma onde em 2004 um potente terremoto de entre 9,1 e 9,3 graus provocou um tsunami no Oceano Índico que matou aproximadamente 230 mil pessoas em uma dúzia de países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos