Governador do Texas pede fechamento total da fronteira com o México

Austin (EUA), 9 dez (EFE).- O governador do Texas, o republicano Greg Abbott, pediu nesta sexta-feira em sua conta no Twitter o fechamento total da fronteira com o México, onde há pontos de fácil acesso aos Estados Unidos, após ser divulgado que o imigrante ilegal mexicano Miguel Ángel Villaseñor Saucedo, acusado de atropelar e matar duas mulheres em Louisville (Kentucky) antes de fugir, tinha sido deportado oito vezes.

Segundo o Departamento de Justiça de EUA, a última vez que as autoridades americanas deportaram Saucedo foi em 2013. Além disso, o Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE) indicou que os registros judiciais mostram quatro casos em que o mexicano foi capturado por agentes da patrulha fronteiriça no Texas.

"Imigrante ilegal que entrou pelo Texas acusado de matar 2 tinha sido deportado 8 vezes. A fronteira aberta deve terminar", escreveu Abbott, que nas últimas semanas fez várias declarações contrárias aos imigrantes ilegais e refugiados nos Estados Unidos.

Esta semana, o governador pediu ao Congresso que rejeite o aumento de fundos destinados aos planos de realocação de refugiados proposto pelo presidente Barack Obama.

O presidente eleito, o republicano Donald Trump, que tomará posse no dia 20 de janeiro, prometeu endurecer a política migratória do país, especialmente para emigrantes da América Latina e dos países muçulmanos.

Trump chegou a rotular os mexicanos que imigram aos Estados Unidos de criminosos e narcotraficantes, prometeu construir um muro na fronteira com o México e deportar 11 milhões de imigrantes ilegais que vivem no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos