Avião de guerra sírio cai na província de Homs, afirma OSDH

Cairo, 10 dez (EFE).- Um avião de guerra da Síria caiu neste sábado na província de Homs, no centro do país, e não se sabe se sua tripulação sobreviveu, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A aeronave caiu nos arredores da jazida de petróleo de Yezal, no leste de Homs, segundo o OSDH, que afirmou que não se sabe se a queda foi causada por uma falha técnica ou por uma ação de combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Por outro lado, o OSDH informou que voltaram a explodir enfrentamentos entre as forças leais ao regime de Bashar al Assad e o EI nos arredores da região de Wadi al Ahmar, e outras áreas da região monumental de Palmira, situadas no leste de Homs.

Além disso, o exército sírio mobilizou mais reforços militares para Wadi al Ahmar, que fica cerca de quatro quilômetros a nordeste de Palmira.

Além disso, os aviões de guerra e helicópteros continuam com seus ataques nas áreas que são cenários de combates e nas posições controladas pelos jihadistas em torno das jazidas de Shaer, Yehar, Al Mahr e Yezal, além de outras áreas do leste de Homs.

Além disso, o OSDH afirmou que os combates e ataques aéreos e de artilharia deixaram mortos e feridos em ambos os lados.

O EI conseguiu assumir o controle de várias regiões no deserto central da Síria nos últimos dias, como os silos de Palmira, Al Huisis, Al Sukari e Al Arak; assim como a jazida de Al Mahir, a fortaleza arqueológica de Al Halabat e partes do monte Hial.

O OSDH informou ontem que, desde a última quinta-feira, pelo menos 49 integrantes das forças leais ao governo de Assad morreram em enfrentamentos com os jihadistas em Homs.

Em maio de 2015, o EI realizou uma ofensiva no leste de Homs, na qual tomou Palmira, cujas ruínas são Patrimônio Mundial da Unesco e que esteve sob o jugo dos jihadistas durante dez meses, até que as forças armadas sírias recuperaram seu controle com apoio da força aérea russa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos