Egito reabre passagem de Rafah com Gaza durante três dias

Gaza, 10 dez (EFE).- As autoridades do Egito reabriram neste sábado, e durante os próximos dois dias, a passagem de Rafah, no sul do território palestino de Gaza e único nexo com o exterior que não está sob controle israelense para os dois milhões de pessoas que vivem na faixa sob bloqueio.

Em comunicado, o Ministério do Interior do movimento islamita Hamas assegurou que um ônibus que transportava a pessoas em situação de emergência humanitária já tinha deixado o enclave.

Há 22 dias o cruzamento foi aberto pela última vez, quando se permitiu a passagem de cerca de 25.000 pessoas.

O enclave litorâneo está sob o bloqueio imposto por Israel desde que o Hamas tomou o controle em 2007.

O Egito também mantém Rafah bloqueado desde então, apesar de os presidentes do país terem deixado passar pessoas com permissões especiais. No entanto, desde que Abdul Fatah Al Sisi chegou ao poder, em 2014, a passagem foi aberta em contadas ocasiões.

O país vizinho acusa o movimento islamita de patrocinar atividades terroristas no Sinai e se recusa a reabrir a fronteira de forma permanente até que não se ponha em prática a reconciliação entre o Hamas e o nacionalista Fatah, do presidente palestino, Mahmoud Abbas, e a fronteira passe a ser administrada pelas forças da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos