Conservadores despontam como vencedores das eleições na Macedônia

Skopje, 11 dez (EFE).- O partido conservador do ex-primeiro-ministro Nikola Gruevski desponta novamente como vencedor das eleições gerais antecipadas na Macedônia, segundo os dados divulgados pela Comissão Estatal Eleitoral após a apuração de 60% dos votos.

O governista Organização Revolucionária Interna da Macedônia-Partido Democrático para a União Nacional Macedônia (VMRO-DPMNE) aparece com 40,37% dos votos, enquanto a opositora União Social-Democrata (SDSM) alcançou 36,30% dos sufrágios.

"Ganhamos mais uma vez, obrigado Macedônia. Nesta noite o VMRO-DPMNE alcançou sua décima vitória, o resultado é dez a zero", disse o porta-voz do partido, Vladimir Gjorchev, em alusão ao fato de que, de 2006 até agora, a legenda de Gruevski garantiu a vitória em todos os pleitos dos últimos dez anos, municipais, gerais e presidenciais.

Além disso, Gjorchev felicitou o SDSM por ter conseguido muitos votos da minoria albanesa.

No terceiro lugar aparece o partido Besa, uma das três formações que representam à comunidade albanesa (25% do total da população) e até agora de presença marginal, com 7,22%, enquanto o ex-parceiro do governo conservador, a também albanesa União Democrática pela Integração (BDI), obteve 6,88% dos votos.

As pesquisas tinham dado ao partido governista de Gruevski uma vantagem muito mais clara, de pelo menos dez pontos percentuais, mas os social-democratas conseguiram monopolizar votos da etnia albanesa com uma campanha na qual lhes prometeram reforçar seus direitos se ganhassem as eleições.

A votação de hoje foi a terceira convocação às urnas neste ano, depois das canceladas em abril e junho após a oposição social-democrata denunciar irregularidades nas listas eleitorais e a falta de liberdade de informação dos veículos de comunicação.

Os pleitos tiveram que ser antecipados após a renúncia de Gruevski por um escândalo de escutas telefônicas revelado pelos social-democratas e supostamente orquestrado pelo entorno mais próximo do premiê.

Apesar disso, o partido de Gruevski, que esteve à frente do governo nos últimos dez anos, obteve um resultado similar ao alcançado no pleito de 2014, quando conseguiu 43% dos votos, quase 20 pontos na frente dos social-democratas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos