China: "Sem 'uma só China' não haverá estabilidade na relação com os EUA"

Pequim, 12 dez (EFE).- A China advertiu nesta segunda-feira ao presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, que se não respeitar a política de "uma só China" não haverá estabilidade nas relações entre ambas as potências.

Se esse princípio, pelo qual Pequim insiste em que se lhe reconheça como o único governo da China enquanto Taiwan é uma província rebelde, "o desenvolvimento estável das relações entre China e Estados Unidos estão fora de discussão", afirmou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Geng Shuang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos