Falso dentista que extraiu 10 dentes sem anestesia é indiciado nos EUA

Miami, 12 dez (EFE).- Um falso dentista que extraiu dez dentes sem anestesia de um homem na Flórida, no Estados Unidos, foi indiciado por exercer a profissão sem licença, segundo o Escritório do Xerife do condado de Manatee.

Robert Rheinlander, que dizia que tinha um diploma de dentista na Carolina do Sul, realizava procedimentos em sua casa ou na de seus pacientes, segundo publicaram nesta segunda-feira veículos de comunicação locais.

Uma mulher que apresentou complicações depois que o falso dentista lhe deixou incrustados fragmentos de um dente durante uma remoção o denunciou às autoridades do condado de Manatee, no centro da Flórida, que iniciou uma investigação.

O falso dentista ficou em evidência depois que um detetive solicitou seus serviços, segundo o jornal "Bradenton Herald".

Antes de saber que se tratava de um falso dentista, a mulher e seu marido passaram os dados de Rheinlander a um conhecido, que ao ser contatado pela polícia, comentou que este tinha lhe removido dez dentes sem anestesia.

Segundo o Escritório do Xerife de Manatee, Rheinlander nunca foi dentista na Carolina do Sul, onde durante dois anos realizou estudos como técnico dental.

Rheinlander, que não possui permissões médicas ou dentais na Flórida, foi detido e acusado de praticar odontologia sem licença, mas foi liberado pagando uma fiança de US$ 1.500.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos