Mãe chinesa mata 4 filhas e fere uma quinta ao não dar à luz um menino

Pequim, 12 dez (EFE).- Uma mulher de 31 anos afligida de depressão matou quatro de suas filhas e feriu gravemente uma quinta após seu último parto, no qual não teve um homem como ela desejava, informou hoje a televisão da província chinesa de Cantão (sul), onde ocorreu o fato.

O infanticídio múltiplo ocorreu na sexta-feira passada em um pequeno povoado, onde a mãe, de sobrenome Zhou, atacou suas cinco filhas - a maior delas tinha oito anos - com uma faca de cozinha.

Zhou, que tinha dado à luz à quinta menina no mês passado, foi detida pela Polícia, depois que seus vizinhos denunciaram o macabro fato.

Após ser detida, Zhou afirmou à Polícia que tinha decidido matar suas filhas perante a frustração e depressão que sentia por ter dado à luz uma quinta filha em novembro, e apesar dela e seu marido terem rezado durante anos por ter um filho homem.

A mãe se encarregava do cuidado das meninas e de seu sogro, que sofre de uma incapacidade, enquanto o marido trabalhava longe de casa, relatou a televisão de Cantão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos