Durante premiação, Temer pede investigação rápida sobre delação da Odebrecht

São Paulo, 13 dez (EFE).- O presidente da República Michel Temer, falou nesta segunda-feira da necessidade de "resolver imediatamente" a investigação sobre os subornos pagos a dezenas de autoridades pela construtora Odebrecht e que o afeta diretamente.

Temer sugeriu que todas as denúncias por corrupção sejam divulgadas ao mesmo tempo, após algumas informações das confissões feitas por vários delatores da operação Lava Jato, divulgadas pelos veículos de imprensa.

"Se há crimes, que sejam divulgados todos ao mesmo tempo", disse Temer, após receber em São Paulo, o prêmio Líder 2016, oferecido pelo grupo empresarial Lide.

O presidente mencionou a nota oficial enviada nesta segunda pela Advocacia Geral da União à Promotoria para acelerar a investigação sobre as propinas pagas a dezenas de políticos pela Odebrecht.

"O Brasil necessita resolver isso imediatamente, não pode ficar quieto, não pode paralisar suas atividades", insistiu Temer, em seu primeiro comparecimento público após se ver envolvido no escândalo.

Um alto executivo da Odebrecht disse que Michel Temer pediu e obteve da empresa o valor de R$ 10 milhões para a campanha eleitoral de 2014, onde foi candidato a vice da ex-presidente Dilma Rousseff, cassada no mês de agosto.

Após pedir velocidade nas investigações, o presidente ressaltou a "coragem" do Executivo para enfrentar "temas difíceis em um momento turbulento do país", que se encontra imerso em uma profunda crise política e econômica.

"Agora precisamos de coragem no Brasil para fazer coisas aparentemente impopulares, mas vão gerar uma popularidade mais a diante", afirmou Temer, se referindo as medidas de ajuste fiscal propostas para equilibrar as contas do país.

No poder desde maio, o presidente ressaltou que tem dois anos pela frente para mudar a cara do Brasil e acertar a economia, que este ano fechará no vermelho pela segunda vez consecutiva desde 1930.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos