Temer conversa com Trump e acorda discutir "agenda para o crescimento"

Brasília, 13 dez (EFE).- O presidente Michel Temer conversou nesta terça-feira por telefone com o chefe de Estado eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, com quem acordou impulsionar uma "agenda para o crescimento" dos dois países, informaram fontes oficiais.

Durante a conversa, que segundo a presidência brasileira foi uma iniciativa de Temer, ficou decidido que "equipes de ambos os países se reunirão a partir de fevereiro" para revisar as relações, que "já são boas e serão ainda melhores".

Temer, de acordo com uma nota oficial, "afirmou que os empresários de ambos os países se conhecem bem e querem fazer mais negócios", e "enfatizou o interesse do Brasil em obter mais investimentos dos Estados Unidos", que há décadas é um dos principais investidores estrangeiros no país.

Trump, por sua vez, aproveitou a ocasião para "parabenizar o presidente Temer pelas reformas (econômicas) e as medidas que adotou para promover o crescimento do Brasil", país que está no meio de uma severa crise que o governo tenta combater com um polêmico plano de austeridade.

Segundo a nota, Trump também ofereceu a Temer suas "condolências" pela tragédia sofrida pelo clube de futebol Chapecoense, que perdeu quase todo seu elenco em um desastre aéreo ocorrido na Colômbia, que causou a morte de 71 dos 77 ocupantes da aeronave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos