Rússia desarticula célula terrorista que planejava atentados em Moscou

Moscou, 15 dez (EFE).- O Serviço Federal de Segurança (FSB, antiga KGB) da Rússia desarticulou nesta quinta-feira uma célula terrorista integrada por quatro pessoas que preparavam atentados em Moscou por ordem de um emissário do grupo Estado Islâmico (EI).

"O FSB desarticulou uma célula terrorista, integrada por cidadãos do Tadjiquistão e da Moldávia, que organizava uma série de atentados em Moscou com explosivos caseiros de grande potência", informou a "Interfax" um porta-voz do serviço de segurança do país.

Os ataques eram preparados por "ordem direta de um emissário do EI que está na Turquia, que tem ordem de prisão internacional declarada pelas autoridades do Tadjiquistão", completou o porta-voz.

Nas casas dos suspeitos, em Moscou e nos arredores da capital, os agentes apreenderam armas automáticas e munição, artefatos explosivos caseiros prontos para serem acionados, além de grandes quantidades de uma substância explosiva, suficiente para a elaboração de uma bomba de grande potência.

Agora, o FSB investiga as atividades e os contatos da célula desarticulada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos