Atentado suicida cometido por menina mata 3 em Damasco, diz testemunha

Damasco, 16 dez (EFE).- Três pessoas morreram e uma ficou ferida em um atentado suicida cometido por uma menina contra uma delegacia de polícia no bairro de Al Midan, no centro de Damasco, disse à Agência Efe uma testemunha.

De acordo com os relatos da fonte, o ataque foi perpetrado por uma garota de sete anos de idade que vestia um colete com explosivos.

"A menina entrou na delegacia fingindo que estava perdida e detonou o cinto de explosivos", comentou a testemunha. A agência de notícias oficial síria, "Sana", informou sobre uma explosão em uma delegacia de Al Midan, sem falar de vítimas até menino.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos destacou que, segundo informações preliminares, o incidente deixou mortos e feridos e ressaltou que desconhece se o atentado foi executado com uma bomba ou por um suicida com um colete de explosivos.

Este ataque na capital síria coincide com a suspensão da operação de evacuação dos assediados do leste da cidade síria de Aleppo (norte), pela qual as autoridades culparam "organizações terroristas" por violarem pontos do acordo alcançado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos