Topo

Casal da Flórida é acusado de abusar de seus dois bebês de 2 meses

2016-12-16T21:13:00

16/12/2016 21h13

Miami, 16 dez (EFE).- As autoridades de Hialeah, no condado de Miami-Dade, nos Estados Unidos, detiveram Adrian Cordovi e Dayana Sosa, acusados de abusar de seus dois bebês gêmeos de dois meses após detectar fraturas em ambos, informaram nesta sexta-feira veículos de comunicação locais.

A equipe médica do hospital infantil Nicklaus encontrou fraturas na tíbia em uma das bebês, que foi levada nesta quarta-feira por seus pais porque não parava de chorar quando tocavam em uma de suas pernas, afirmou hoje a emissora de TV local "ABC".

Os médicos constaram fraturas na tíbia e em duas costelas, e decidiram examinar o gêmeo, em quem também encontraram múltiplas fissuras na perna.

Cordovi, de 23 anos, e Sosa, de 27, foram acusados de abusos de menores.

A polícia afirmou que as fraturas dos bebês, agora em custódia do Departamento de Crianças e Famílias da Flórida, aparentemente ocorreram em tempos diferentes porque tinham diferentes estados de cura.