Temer pede prudência no trânsito no Natal e no Ano Novo

Brasília, 16 dez (EFE).- O presidente Michel Temer pediu nesta sexta-feira que os brasileiros mantenham a prudência no trânsito nos feriados de Natal e Ano Novo, ressaltando o elevado custo social e econômico dos acidentes nas estradas.

"O custo social e todos os dramas emocionais são muito grandes, especialmente no fim do ano e nos Carnavais", disse Temer em um ato que anunciou um plano para reforçar a fiscalização nas rodovias do país durante as festas de fim de ano.

Temer citou dados que estimam em R$ 12,8 bilhões o custo para a seguridade social e a saúde pública dos acidentes de trânsito. A cada ano, os acidentes matam cerca de 45 mil pessoas no país.

Em termos absolutos, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), esse número representa um dos piores do mundo, superado somente por China, Índia e Nigéria.

"Por isso, esse reforço da segurança em nome da vida é muito mais importante que inaugurar obras milionárias", disse Temer.

A operação anunciada hoje começará no próximo fim de semana e só será concluída no Carnaval, no final de fevereiro de 2017. Cerca de 45 mil policiais rodoviários estarão mobilizados, e terão o apoio de funcionários dos Ministérios de Transporte, Justiça e Saúde, além de outros órgãos federais, municipais e estaduais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos